terça-feira, 5 de maio de 2009

Teseu - O homem do bilau rastreado

Sempre achei o Paulo Silvino um sujeito muito engraçado. A pedra de toque do seu humor sempre foi a picardia e as desventuras relacionadas às mulheres desejadas pelos seus personagens tresloucados e cheios de bordões hilários.

Vamos? e Vai ser aquilo tudo! eram duas expressões famosas que os seus personagens costumavam usar quando estavam diante das beldades pretendidas.

Ele sempre foi o perfeito porta-voz do sofrimento que os homens muitas vezes têm de suportar diante das mulheres tão desejadas, mas na maioria das vezes tão inalcançáveis por uma série de fatores e convenções sociais.

Até o batido Severino, ainda no ar, sofre com essas conquistas frustradas. Quando pensa que vai se dar bem... acontece o inesperado e o tiro sai pela culatra.

Mas agora ele se superou. Está sendo veiculado, no famigerado programa Zorra Total, um quadro em que o velho e inspirado Silvino dá vida a Teseu, o homem diuturnamente monitorado e rastreado por satélite pela esposa milionária, que é uma verdadeira bruxa.

Com ciúme do marido, a perua implantou um chip no dito cujo de Teseu, o qual apita e indica a sua localização sempre que o personagem se interessa por alguma mulher e começa a ficar com segundas intenções.

Basta surgir uma gostosona nas imediações de Teseu, e o chip começar a se manifestar e enviar os sinais à central de monitoramento da esposa, para que ela siga em desabalada carreira rumo às coordenadas em que o marido se encontra, acabando com qualquer possibilidade de felicidade do pobre coitado. Tesão totalmente sobre controle.

Já pensou se a moda pega? O que ia ter de chip apitando por aí seria uma grandeza. Poderia se pensar também no chip feminino. Fica a dúvida sobre como seria instalado, mas não há de faltar lugar. Talvez em forma de piercing genital. Quem sabe?

Pobre Teseu, com seu tesão constantemente monitorado, sem a menor possibilidade de dar umas escapadelas de vez em quando. E como dispara esse chip! Benza Deus!

14 comentários:

Sweet Toxicant disse...

Hahahaha!
Ótima!
Mas no caso de ser implantado um chip desses numa mulher, o maridão corre o risco de chegar tarde demais, já que as mulheres têm uns macetes que enganariam fácil o chip pelo menos até instantes antes do orgasmo. Então, quando o chip começasse a apitar e o maridão corresse em disparada para o local onde a mulher etivesse, ela já estaria chegando em casa, feliz. Hahahaha!

Frank Saiu disse...

Hahaha...ainda não tive a oportunidade de ver este novo personagem, mas deve ser ótimo!

Infelizmente não temos escapatória...esse é o preço do progresso, pelo menos esse chip não dá choque!!!!!

Abraço!
Frank

Cleyton disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Única e Exclusiva disse...

Vc vem falando muito sobre "mulheres inalcançáveis"... ai tem alguma coisa?!? Abre o jogo!!! rsrsrsrrsrs

Eu não assisto Zorra. E não gostaria de ter um chip controlando meu desejo. Estas modernidades sem fundamento psico-social-filosófico não se encaixa no meu modo de pensar.

Viva a liberdade!!!!!!!!
Bjos ú&e

Altavolt disse...

Sweet: Qua a mulherada finge o orgasmo eu sei, mas não imaginava que conseguiam disfarçar até quando estão excitadas! Mas será que enganariam os sensores térmicos? rsrsrs

Frank: A tecnologia está chegando a lugares e situações inimagináveis...

Cleyton: Foi o que fiz quando vi o Teseu pela primeira vez. Quase morri de rir! Hilário demais!

U&E: Também sou muito contra a tecnologia usada em excesso. Talvez esse personagem sirva de alerta. Quanto às mulheres inalcançáveis, acho que 99,999% delas são inalcançáveis para nós homens. Os homens, todos, na verdade, gostariam de ficar com todas. É a natureza!

Mari - é como quero ser chamada. disse...

AAhh mas que visita boa e inesperada!
Você não imagina como cada comentário me deixa feliz!Principalmente de um visitante novo!Apareça sempre ok?
Beijinhos mô bem.

Sweet Toxicant disse...

As mulheres sempre terão uns truquezinhos no sutiã, querido. Mas os sensores térmicos? É.. talvez não... rsrsrs
Beijos!!

Ragas disse...

Esse Paulo Silvino é a cara de um brother meu... AHAHAHA... Já ri muito com esse figura... Preciso ver esse perdonagem...

Vou te adicionar no meu blog, ok?

Abrazzo Ragazzo (Ragas)

Luna Sanchez disse...

Nossa, isso é tudo o que eu não quero, pra mim...o mundo está aí, cheio de tentações e possibilidades, a escolha é de cada um. Qdo estar com o outro, deixa de ser uma escolha consciente, perde-se todo o mérito da relação.

Liberdade, sempre. Não existe relacionamento se não se respeita isso.

* Obrigada pela visita, venha sempre. Eu estarei por aqui, tmb.

Um beijo,

ℓυηα

Ragas disse...

Fala, Altavolt (ou Altamir)! Queria agradecer seus comentários postados no meu blog. Muito legal que você gostou dos posts. Na verdade, já tenho um livro de contos publicado pela Editora Barauna e que está à venda pelo site www.editorabarauna.com.br ou www.ciadoslivros.com.br . O título é A.C./D.C. (Antes destes contos/Depois desses contos) e o nome do autor (euzinho aqui) é Ricardo Ragazzo.

Abrazzo Ragazzo - Espero que goste!

Altavolt disse...

Ragas e Luna: Vocês são muito bem-vindos!

Fernando R. Silva disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Alta, não conheço esse quadro, mas farei questão de assisti-lo hoje! Adoro o Paulo Silvino, adoro! Ele é muito bom!

Um sinalizador no bilau, putz...Para as mulheres seriam quantos sinalizadores? Qautro? Hehehe.

Ocorreu-me algo perverso. E se o cara não saiu do armário e ela colocou o sinalizador no lugar errado?

Altavolt disse...

Fernandão: Não, não há problema de tesão no local errado, conforme você verá ao assistir o quadro, o Teseu é completamente "espada", tanto quanto nós! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
É o maior sofrimento para ele aquele chip... Apita toda vez que ele se aproxima de alguma gostosa!
Agora, para as mulheres, a coisa é realmente mais complexa. Elas não são tão automáticas e localizadas quanto nós! kkkkkkkkkkkkkkk
Grande abraço! Valeu pela visita!

Anônimo disse...

La ringrazio per intiresnuyu iformatsiyu

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...