segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Futebol 10 X 0 Torcidas organizadas

Apesar de já ter sido considerado por muitos o ópio do povo, o futebol é um dos elementos culturais mais presentes e marcantes na vida dos brasileiros.
Dada a nossa paixão espontânea por esse esporte, se bem trabalhadas, as escolinhas de futebol seriam uma das formas mais eficazes de mantermos as crianças longe das ruas, da violência e das drogas.
O futebol, para alguns escolhidos, ainda é a forma mais democrática de ascensão social. Se o garoto for bom de bola e tiver as ajudas necessárias e oportunas talvez venha a se tornar mais um astro dos gramados.
Contudo, não é exatamente a paixão e o suposto lado mágico do futebol que quero abordar aqui.
O que tem me preocupado muito em relação aos jogos de futebol são as verdadeiras praças de guerra nas quais se transformaram as arquibancadas dos estádios brasileiros.
No último domingo, pela televisão, enquanto assistia à vitória do São Paulo sobre o Vasco, em São Januário, foi possível sentir, pelo áudio do estádio, todos os absurdos cometidos pela torcida Independente. Dava para ouvir os gritos de guerra dos vândalos - pois para mim não são torcedores, mas sim vândalos travestidos de torcedores - hostilizando e chamando para briga a torcida do Vasco, bem como gritando impropérios e ameaças às outras torcidas dos times de São Paulo, que nem por perto estavam. Em dado momento, rimavam aos berros: “...cocaína com ...dar porrada na torcida vascaína”. Atitude, aliás, pouquíssimo inteligente, tendo em vista o número muito maior de torcedores do Vasco. Aliás, em geral, nos jogos eles gritam muito mais vezes o nome da Independente ou das outras "organizadas" do que o do São Paulo ou dos seus respectivos times. São-paulino que sou, fiquei feliz com o desempenho do meu time, mas não com o dessa famigerada torcida, que reputei como execrável. Como admirador do futebol, acho que nos estádios só deveria importar o que acontece dentro das quatro linhas, sendo o desempenho dos clubes do coração, bem como dos craques, os principais focos da atenção dos torcedores. Não faz o menor sentido ir a um estádio para entoar cantos de guerra em nome de Independente, Mancha-Verde, Gaviões ou qualquer outra torcida organizada. Para mim isso é uma aberração, um aleijão cultural que foi se formando ao longo do tempo. Como todas as pessoas de bom senso e amor pela vida, deixei de freqüentar estádios de futebol. Não que não tenha vontade de assistir a bons jogos, pois ver um jogo ao vivo é sempre uma emoção muito intensa. Mas, do jeito que a estupidez e a ignorância se apossaram das arquibancadas, esse não é mais um programa recomendado para os cidadãos comuns. Das últimas vezes que fui, pude perceber que os torcedores das organizadas se preocupam muito mais com as suas ações e os seus cantos de guerra do que com o andamento das partidas. Muitas vezes se postam até de costas para o gramado, tamanho o desinteresse pelo esporte em si.
Não sei como, mas essas torcidas, com esse modus operandi, precisariam realmente ser extintas, pois estão acabando com toda a graça e encanto que havia em assistir o nosso time jogando, ali bem pertinho do gramado.
Sempre achei que ao torcedor cabe se emocionar, elogiar seus ídolos, xingar o juiz, xingar o técnico, protestar verbalmente contra o que acha errado, e só. As arquibancadas são realmente um local para extravasamento de emoções, mas tudo dentro de certos limites físicos e éticos. Pára por aí a interferência da torcida no espetáculo, até porque, como cidadãos, deveríamos ter assuntos muito mais sérios do que o futebol para nos preocuparmos.

10 comentários:

Flávia B. disse...

Eu amo futebol. Amo. E uma das minhas maiores frustrações é nunca ter pisado num estádio para assitir a um jogo. E por quê? Por medo. Um medo triste de que, ao invés de mágica nos gramados, eu acabe involuntariamente fazendo figuração num espetáculo incompreensível de estupidez e desamor ao esporte, e a tudo que ele significa - confraternização, convivência saudável, superação, cidadania, crescimento pessoal... Um medo triste. Uma tristeza amedrontada.

E me pergunto se algum dia vou assistir a um jogo desses.

Beijos, querido.

a anônima do desevolução disse...

nossa altamir, vc é uma pessoa tão simpática, eu to adorando vc. Brigada mesmo, só que eu também não vi sua cara estampada aí.

Flávia B. disse...

Ai, rapaz... não precisa agradecer nada, não. Adoro vir aqui, e essas reflexões acabam saindo pq os textos, insidcutivelmente, sempre incitam o pensamento. Boa demais essa troca contigo.

Beijos!

maria disse...

Sempre achei as torcidas dos times paulistas mais encrenqueiras do que as do Rio. Por aqui, os casos que acontecem envolvem mais torcedores bandidos do que exatamente as torcidas (des)organizadas. Quando vou pro Maracanã a iminente violência do Rio assusta muito mais do que as torcidas. Agora, os dirigentes de clube não têm peito pra comprar estas brigas, com atitudes do tipo: não por o time em campo em sinal de protesto, exigir melhor segurança nos estádios. Isso não fazem.

maria disse...

Mas, VASCAÍNA QUE SOU fiquei deveras frustrada com o fato dos torcedores do Vasco não terem descido a mão nos são-paulinos!

(mentirinha, tá?)

xico sa disse...

Ô meu velho Altavolt, salve o futiba! Rapaz, aproveito pra te pedir desculpa: o ultimo post do carapuceiro (sobre mangue beat) saiu do ar (algo pepino tecnico). vi q tinha um comentario teu. vou repostar o texto, mas o comentario sumiu aqui nessa coisa toda q nao entendo lhufas. abraçooo,valeu

Anônimo disse...

aiai quando o assunto é futebol

humm
nada se compara aaaaa

Palestra !

e viva o meu Palmeiras
huhuhuhuuhu


lakyan ..

um beijo

Jú Carvalho disse...

assino embaixo.
Talvez, quando dizem que o futebol é a maior expressã oda cultura brasileira, eles nao estejam falando sobreo péle :S. Revoltante. Porque de certa forma , aqueles q es tão lá pela bola rolando, acabam sendo estereotipados.

te linkei okey?

minicontosperversos disse...

1) Independentemente dessa caterva das arquibancadas, viva o São Paulo Futebol Clube, que domingo será HEXA!!!

2) Sabia que a Lakian não podia ser tão perfeita...

Brasileirão.com disse...

Oi, amigo torcedor,
Você é convidado a virar um membro em nossa Comunidade Brasileirão.com e enviar notícias na nossa característica única o Vc Repórter que foi introduzida para capacitar torcedores e torcidas como você relatar notícias locais para todo o povo a ver. O Brasileirão.com é o melhor lugar para notícias livres de censura das companhias de mídia sobre futebol no Brasil.

Para quem curte ser repórter mesmo não sendo formado em jornalismo ai vai uma Dica: http://www.brasileirão.com está lançando o Vc Repórter, com ele qualquer pessoa pode enviar notícias, fotos e áudios para o Portal Brasileirão e relacionadas categorias / times, torcidas, e se um sua notícia tiver uma maior relevância ranking ela poderá parar na home do portal.


Você pode enviar qualquer notícia, seja de futebol, alguma coisa que tenha acontecido com você ou com algum amigo seu, algum acontecimento com o seu time ou Torcida, novidade em tecnologia, enfim, o que você quiser!

Sua notícia será publicada imediatamente com o seu nome.

Se você gosta de se comunicar, escrever, tem paixão pelo futebol, e acompanha os principais eventos e campeonatos do mundo, este grupo de discussão é perfeito pra você. Este é o melhor fórum social sobre futebol para você expressar suas opiniões.

Nosso grupo é modelado para discutir ou debater tudo sobre os times brasileiros, ligas e notícias do esporte no Brasil e ao redor do mundo. Você pode escrever opiniões em qualquer formato que escolher e nossos membros podem adicionar comentários. Suas opiniões serão arquivadas e pesquisáveis pela internet e assim, qualquer pessoa poderá vê-las. Bem-vindo!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...