quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Meu nome é José Simplício, mas podem me chamar de "Seu" Peninha

Peninha e seu companheiro
 inseparável, o pandeiro.
Dentro da programação do ICB Cultural, iniciativa da Comissão de Cultura e Extensão do ICB/USP, pudemos apreciar nesta quarta-feira, 01/10/14, ao meio-dia, na Lanchonete do ICB I, a linda apresentação musical, de voz e pandeiro, do nosso antigo colega José Simplício da Silva, popularmente conhecido como "Seu" Peninha. 

Nascido no povoado de Lagamar, município de Itabaiana, no estado da Paraíba, muito cedo mudou-se de lá para Timbaúba, em Pernambuco, onde viveu até os 20 anos de idade. Depois disso, teve uma passagem por Bonsucesso (RJ), regressando posteriormente à sua terra natal, Itabaiana. 

Por volta dos 40 anos de idade, veio para São Paulo, onde se estabeleceu. Em 1992, começou a prestar serviços no Instituto de Ciências Biomédicas da USP, onde trabalha até hoje, como funcionário terceirizado. 

De lá para cá, já foi contratado por várias empresas, mas manteve-se firme e forte no ICB, devido à sua enorme boa vontade e capacidade de trabalho, bem como ao carinho que a comunidade do Instituto, principalmente do Edifício Biomédicas I, tem por ele. 

Peninha durante a sua
 bela apresentação.
Homem de sorriso fácil e dotado de enorme alegria de viver, Peninha é o que podemos chamar de pessoa do bem, com muitas contribuições e bons serviços prestados ao ICB e à comunidade.

É, num outro jargão popular, aquela pessoa para a qual não há tempo ruim, sempre de bem com a vida, apesar de todas as dificuldades que ela possa apresentar. 

Além desse caráter firme e dessa reputação ilibada, "Seu" Peninha também tem dotes artísticos e musicais. E esse foi o motivo dos organizadores do "ICB Cultural" o terem convidado para a deliciosa e magnética apresentação de hoje. Aliás, a comissão organizadora está de parabéns por ter tido a sensibilidade de prestigiar quem tanto já se dedicou em prol do ICB.

"Seu" Peninha mereceu muito essa lembrança, mas quem ganhou o presente fomos nós, seus colegas do ICB, que pudemos apreciar a poesia e o talento dele durante a apresentação de algumas músicas, todas elas de sua própria autoria.

O cidadão José Simplício - e ele, mais do que ninguém, pode ser chamado assim, sem sombra de dúvida, pois exerce a cidadania e o respeito por todos de maneira magistral em seu dia a dia - precisa mesmo ser reconhecido e exaltado por todos nós, pois não é fácil para um brasileiro simples, de muita garra, vencer tantos obstáculos e manter-se de cabeça erguida e atuante por tantos anos, apenas fazendo o bem, sem jamais olhar ou escolher a quem. 

Muito obrigado, "Seu" Peninha. Nós temos o privilégio de tê-lo como companheiro e ainda podemos apreciar e nos divertir com todo o seu talento artístico. 

Grande abraço e força sempre!

Abaixo, pequena amostra do "Seu" Peninha em ação!


video




Peninha, acompanhado de alguns integrantes da Comissão "ICB Cultural".

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...