quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Os fumantes de São Paulo levaram fumo!

A lei antifumo entra em vigor nesta sexta-feira (07/08/09) em todo o estado de São Paulo. Já não era sem tempo. Esperemos que pegue de primeira. Pela lei, é proibido fumar em quaisquer lugares fechados, públicos ou privados. Em caso de desobediência, o dono do estabelecimento é quem paga a multa e sofre as sanções. Dessa forma, os fumantes só poderão dar suas baforadas nas ruas e nos espaços abertos. Por mim, poderiam, todos eles, serem encaminhados para a casa do caralho! Lá só incomodariam uns aos outros e, como diz o ditado, chumbo trocado não dói. Talvez tenha faltado esse parágrafo na nova lei, o qual seria muito ilustrativo, uma vez que os fumantes vivem enchendo o saco, perguntando aonde poderão fumar agora. O local acima é, sem dúvida, o mais indicado para a reunião de todos eles.
Com a proibição, os fumantes serão obrigados a se exercitar mais, uma vez que, para estourarem os próprios pulmões, precisarão sair do conforto e fazer algumas caminhadas enquanto baforam o seu gás carbônico na atmosfera. Com essa nova dificuldade, quem sabe não se cansam e resolvem largar de vez esse famigerado vício.
Além do mal intrínseco ao ato de fumar, o cigarro nos remete a inúmeros conceitos equivocados, principalmente dos anos da ditadura, quando a propaganda de cigarro era liberada no Brasil e fumar era considerado chique pelos socialites.


Slogans idiotas e marcantes como " O fino que satisfaz" e "É preciso levar vantagem em tudo, certo?" ficaram gravados no imaginário popular, sendo que este último popularizou a "Lei de Gerson" em nosso país. Haja desserviços à nossa sociedade. Além de todos os males conhecidos, o cigarro ainda ajudou a reforçar a estúpida idéia do "jeitinho brasileiro".

Outro conceito sofrível que se propagou ao longo das décadas era o de que o cigarro tornava o fumante um indivíduo mais interessante e inteligente.

Com a restrição ao fumo, muita gente vai precisar de outras muletas para parecer interessante. Nos botecos, vão acabar aquelas poses blasés de muitos fumantes. Agora vão precisar mostrar mais conteúdo, em vez das caras e bocas que as tragadas proporcionam.

Quanto a nós, não-fumantes, só nos resta torcer muito para o sucesso da lei, para que possamos tomar o nosso choppinho tranquilamente, sem ter de sair dos bares empesteados e impregnados de fumaça até nos lugares em que o sol não bate.

Brincadeiras e radicalismos à parte, entendo que essa nova era só trará benefícios a todos, inclusive e principalmente, aos próprios fumantes.

Não sou adepto das medidas arbitrárias, mas, neste caso, sou obrigado a dizer que estou adorando as restrições. Agora, parece que a coisa vai. Me desculpem os amigos fumantes.

18 comentários:

Luna Sanchez disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luna Sanchez disse...

Altamir,

Sou alérgica à fumaça de cigarro, então...

Beijos, dois.

ℓυηα

Sweet Toxicant disse...

É, Alta! Concordo plenamente!!

E olha que eu já usei cigarros numa fase, digamos, imbecil da minha vida. Eu sempre gostei de experimentar coisas novas (com limites, claro), e o cigarro foi uma delas.. principalmente aqueles aromáticos... mas sempre detestei o mau cheiro que fica impregnado até na alma!
Ainda bem que minha fase de idiotice inconsequente durou pouquíssimo tempo!
Sábado passado foi aniversário do meu amigo, num bar que já aderiu à lei e fiquei muito feliz de chegar em casa pela manhã ainda portando o cheiro do meu perfume... rs
Aliás, também sou alérgica a fumaça de qualquer tipo...

Sweet Toxicant disse...

Obs: Beijos, meu querido!!!

(ficou faltando na mensagem anterior.. rs)

Não vamos esquecer do HH hein!!

Altavolt disse...

Luna e Sweet: Aquela fumaceira é totalmente dispensável nas baladas... Se for o caso, taca gelo seco na moçada, rsrsrs... Beijões!

Slow-Moe-Shun disse...

Sou filho de ex-fumantes e tive asma crônica quando criança. Meus pais se separaram e muitas das brigas tinham a ver com fumar dentro de casa. Não era perto de mim, mas o simples odor na casa me atacava a alergia e me travava o peito. Lembro da sensação de insufuciência respiratória até hoje e das várias internações e sessões de inalações no hospital por ter ficado perto de fumantes. Os que reclamam não sabem o que é passar por isso ou não tem um filho passando por isso como eu passei, pelo menos não por enquanto...Respeito, é só isso que peço.

Blog do Medrano disse...

Fui fumante. Hoje não trago mais. Seria bom que com a mesma pontualidade poderiamos discutir a queima da cana no interior do estado, as chaminés do império capitalista, a lei seca que não pegou, a bárbárie que é o sistema penitenciario no Brasil, as porcarias dos programas de TV e outras coisitas mais. Agora, uma coisa é certa, fumaça de cigarro é foda.

[ rod ] disse...

Sou fumante, mas admito essa lei vai me ajudar a repensar valores e a chegar num consenso... e parar de vez com o que anos já venho tentando.

Vim lá do amigo Fernando.

Abçs,







Novo dogMa:
reveR...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Altavolt disse...

Slow-Moe: Vc é prova viva de todo o mal que o cigarro pode causar às pessoas. Aos fumantes e a todos aqueles que são obrigados a conviver com eles. Abraço.

Medrano: Ainda bem que parou, hein? Vamos por partes, atacando um problema de cada vez. Concordo que os outros temas também sejam relevantes, mas devemos combater um leão por dia. Abração!

Rod: Seja muito bem-vindo! Assim que puder, dou uma passada no seu blog, que, aliás, já conheço bastante de nome. Abraço.

F. Reoli disse...

Cara, respeito demais quem não fuma, e acho que a lei vai pegar mesmo, mas em bares é sacanagem. Ainda fico a me perguntar: O meu Marlboro assassino não pode entrar no boteco, enquanto no Senado não se encontra um só detector de metais... que país é esse??? rs
Abração

Fernando R. Silva disse...

Sou a favor da lei pra não prejudicar o não-fumante, o passivo. Mas não acho que isso corte o mal pela raiz. Acho que a educação correta e não atabalhoada nas escolas desde pequeno é um caminho.

Fumo, como disse Maria, das 18h de setxa às 18h de domingo desde os dezessete. Tenho parado por questão de conscientização. Eu acho que é por aí...mas na boa, isso pra mim tem cara de Lei Seca. Pega no início e depois começam os paliativos a surgirem.

Abraços, Alta, meu querido!

maria disse...

Melhor mesmo só se proibissem de vez a picanha na pedra. Ô fumacinha nojenta!

Altavolt disse...

Fernandão: Esperamos que a lei pegue! Abração!

Maria: A picanha deve ser boa, né? Mas os efeitos colaterais... Fumaça, de qualquer tipo, enche o saco. Ficar cheirando a gordura tb não é das melhores coisas da vida. Beijão!

Jester disse...

Vejo essa discussão como uma questão diretamente ligada à noção de liberdade. Liberdade é a mais maravilhosa conquista da humanidade! Deveria ser proibido proibir, em qualquer tempo, em qualquer lugar, mesmo considerando que a ninguém é dado o direito de atentar contra à própria saúde, e que o Estado possui a prerrogativa de zelar por tal observância. Entretanto, toda liberdade traz embutida em si uma carga vigorosa de responsabilidade. O que quero dizer é que, quem gosta de fumar, pois que fume. Seu direito deveria ser garantido. Jamais deveria ser proibido. Mas é preciso haver consciência, tato e principalmente, EDUCAÇÃO, por parte dos fumantes, para perceber uma situação na qual um outro indivíduo está exercendo sua liberdade e seu direito à saúde. Em outras palavras, se formos cidadãos, há espaço para todos neste planeta.

Altavolt disse...

Caro Jester: Muito conscientes as suas colocações. O problema todo reside justamente aí, nossos níveis de cidadania e respeito ao próximo são baixíssimos. Teríamos, enquanto país, que investir pesadíssimo em educação de qualidade para todos, desde a mais tenra idade, para alcançarmos esse patamar de liberdade com responsabilidade que vc almeja e que seria o tão sonhado ideal. Enquanto isso, há que se obter o respeito à força. Triste, mas necessário. Grande abraço!

minicontosperversos disse...

Gosto das coisas em Sampa porque é tudo organizado. Fumar crack, só na cracolândia!

Altavolt disse...

Gustavão: Nem posso discordar de vc quanto a essa segregação daquilo que é tido como pouco glamuroso em Sampa. Hipocrisia brava!

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ prix cialis
http://commandercialisfer.lo.gs/ achat cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ generico cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ precio cialis

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...